Estádio Do Clube Desportivo das Aves

O Estádio do Clube Desportivo das Aves foi oficialmente inaugurado a 8 de dezembro de 1981, 11 anos e meio depois do lançamento da primeira pedra (14 de junho de 1970). Um processo longo, cujos primeiros passos foram dados através da constituição da Comissão Pró – Estádio, a 8 de maio de 1970, constituída por alguns ilustres da Vila das Aves: Monsenhor José Ferreira, Dr. António Pimenta, Albano Correia Gomes, Bernardino Gomes de Sousa Nogueira, Joaquim Ferreira de Abreu, António Ferreira de Araújo e José Machado Araújo. Concedidos plenos direitos a esta Comissão pela Assembleia Geral, o presidente José Machado Guimarães abriu as subscrições com a importância de 500 euros, quantia, de imediato, aumentada pelos respetivos membros. Os terrenos necessários à construção do estádio foram, na sua maior parte, oferecidos pela Fábrica da Igreja Paroquial de São Miguel das Aves, pelas religiosas do Mosteiro da Visitação e pela família Gouveia, havendo, no entanto, a necessidade de se adquirir uma outra parcela. Fez-se um estudo arquitetónico e urbanístico com amplas ruas circundantes e espaço suficiente para estacionamento, e os vinte e seis mil metros quadrados permitiram, assim, a construção de um recinto com as dimensões oficiais, dotado de uma pista de atletismo (em areia/pelado, atualmente inutilizado).

A inauguração da iluminação artificial foi assinalada com a receção ao FC Porto, em meados da década de 80. A segunda subida de divisão do CD Aves à primeira divisão, ocorrida em 200/01, trouxe consigo uma profunda remodelação nas infraestruturas de apoio ao estádio, por exigência da Liga de clubes, nomeadamente no topo Norte da bancada, reforço da iluminação, restauração dos balneários, sala de Imprensa, ginásio e receção. A cerimónia de inauguração decorreu com a visita do Ministro do Desporto, Armando Vara, e na presidência de António Freitas. O recinto de jogos possui hoje cerca de 5 441 lugares sentados (dados oficiais da Liga Portuguesa de Futebol Profissional) sendo aproximadamente 1 500 cobertos. É nesta zona coberta que se encontram os camarotes, lugares de imprensa e zona para convidados. A lotação oficial rondava os 12 500 lugares antes da desativação de uma parte significativa da Bancada Norte (topo) e da colocação de cadeiras em todo o estádio. Um dos momentos mais marcantes da sua história teve lugar no Euro’2004, realizado em Portugal, tendo sido escolhido como um dos locais de estágio da Seleção de França. Uma placa alusiva a este marco está colocada mesmo à entrada das instalações do clube.

Main Sponsors





Official Partners